30 anos dos brasileiros no Japão: Movimento decasségui valeu a pena?

30 anos depois…

Em 1990. o Japão liberava a entrada de estrangeiros descendentes de japoneses para trabalhos sem qualificalçâo. Na época, devido ao crescimento econômico, a falta de mão de obra era gritante. O governo japonês achava que filhos e netos de imigrantes japoneses teriam mais chances de se adaptarem às rígidas normas de comportamento devido à cultura japonesa.

O Brasil no final da década de 1980 estava em uma grave crise com uma inflação altíssima.

A moeda era o cruzado. Uma cozinheira ganhava 3 mil cruzados, um engenheiro 15 mil, e um diretor de emprêsa, 50 mil. Para trabalhar no Japão e ganhar 2 mil dólares significava ter o salário de 54 mil cruzados. Seja um analfabeto ou um advogado, qualquer podia ganhar isso, bastava ter vontade de trabalhar e ser filho ou neto de japonês.

Livro de Michael Todd, o mais vendido segundo o New York Times.

Relationship Goals está no primeiro lugar em best sellers do New York Times.

Nessa semana, o livro de Michael Todd Relationship Goals chegou ao topo dos mais vendidos na categoria de auto ajuda do New York Times.

Todd é um afro americano, pastor de uma igreja cristã.

Relationship Goals é seu primeiro livro. Na tradução livre seria Metas de relacionamento. A hashtag #relationshipgoals usada na internet descreve um casal romântico ou uma ação que se deseja alcançar em sua própria vida amorosa.

 O livro aborda os relacionamentos amorosos e dá dicas baseadas em trechos da bíblia. Michael cita um trecho do Gênesis envolvendo Abrão, sua mulher Sara e sua amante Hagar. Dá conselhos de como uma separação pode ser menos traumática à luz do Antigo Testamento. Com uma linguagem popular, agrada até mesmo quem não curte religão. Ainda não existe a tradução brasileira. Vamor torcer para chegar no Brasil.